Ouça a Rádio Comercial, faça o download da App.

Voluntários realizam a partir de sábado ações de limpeza nas praias de todo o país

Objetivo é sensibilizar a população para o lixo marinho.

Voluntários realizam a partir de sábado ações de limpeza nas praias de todo o paísEPA
Milhares de voluntários realizam a partir de sábado ações de limpeza terrestre e subaquática nas praias do continente, Açores e Madeira, para sensibilizar a população para o lixo marinho, anunciou hoje a Fundação Oceano Azul (FOA).

Em comunicado, a Fundação adianta que esta ação, que vai decorrer até 24 de setembro, visa sensibilizar e consciencializar para a problemática do lixo marinho, assinalando o Dia Internacional de Limpeza Costeira, que se celebra no sábado.

O evento, organizado pela Fundação Oceano Azul com o apoio da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu, no âmbito da iniciativa #EUBeachCleanUp, realiza-se pela quinta vez consecutiva.

O arranque ocorre no sábado com a ação "Limpar a Costa: da Trafaria à Fonte da Telha", durante a qual várias Organizações Não Governamentais (ONG), escolas de surf e outras entidades locais organizam limpezas ao longo de 13 quilómetros que cobrem 32 praias, situadas no concelho de Almada, no distrito de Setúbal.

"Contando com o apoio da Câmara Municipal nesta operação, é de destacar também a ação que decorre na Praia Cabana do Pescador, que conta com a participação de eurodeputados portugueses e várias embaixadas de países da União Europeia e do resto do mundo, numa celebração conjunta pelo oceano", é referido na nota.

A Fundação lembra que o lixo marinho representa uma ameaça para a biodiversidade, saúde humana e para a economia.

"Cerca de 80% do lixo encontrado nos ecossistemas marinhos tem origem em atividades humanas em terra e apenas cerca de 20% provém de atividades diretamente ligadas ao mar. As ações de limpeza e monitorização de lixo nas praias revelam-se fundamentais para sensibilizar a população quanto à dimensão deste problema", sublinha a FOA na nota.

Desde 2019, foram recolhidas em Portugal mais de 250 toneladas de lixo marinho, com o envolvimento de mais de 18.000 voluntários em 625 ações, segundo dados da Fundação.