Ainda não tem a nossa APP? Pode fazer o download aqui.

Tributo ao vivo de Springsteen ao vocalista dos Pogues

The Boss inicia concerto na Irlanda com versão de 'A Rainy Night in Soho'.

Tributo ao vivo de Springsteen ao vocalista dos Pogues
Danny Clinch (cortesia Sony Music)

O rocker norte-americano Bruce Springsteen, acompanhado pela E Street Band, arrancou o concerto deste domingo na cidade irlandesa de Kilkenny com um cover do clássico dos Pogues, "A Rainy Night in Soho". 

Este é o primeiro concerto de Springsteen na República da Irlanda desde a morte do vocalista dos Pogues, Shane MacGowan, no final do ano passado. Esta versão pode ser entendida como um tributo ao malogrado folk-punk.

Acontece de forma circunstancial Bruce Springsteen iniciar concertos com versões de temas de lendas locais do país onde está a atuar. Junta-se a este hábito irregular a velha admiração do Boss por Shane MacGowan e a ascendência irlandesa na ramificação paternal da árvore genealógica do músico de Nova Jérsia.

É a primeira vez que Bruce Springsteen canta 'A Rainy Night in Soho' em público. Este tema de 1986 tem sido muito apetecível para numerosos cantores, em especial o velho amigo de Shane MacGowan, Nick Cave, que gravou uma versão como lado B do dueto de 'What a Wonderful World' (mitificado antes por Louis Armstrong), e o tem cantado por várias vezes, uma delas na cerimónia fúnebre do vocalista dos Pogues.

Os irlandeses U2 tocaram este tema ao vivo em Las Vegas, na ressaca a quente da morte no ano passado do seu compatriota. Também Sinead O’Connor, Billy Bragg ou os Fontaines DC já haviam interpretado ao vivo 'A Rainy Night in Soho'.

Shane MacGowan celebrizou-se por muito outras músicas, sobretudo ao serviço dos Pogues, como a natalícia 'A Fairytale of New York', a cândida 'A Pair of Brown Eyes', a algazarra de 'Fiesta' ou a balada 'Summer of Siam', esta no fecho do seu ciclo dourado, em 1991.