Ainda não tem a nossa APP? Pode fazer o download aqui.

Jarra maia comprada por menos de cinco euros em loja de segunda mão devolvida ao México

Peça foi parar a uma loja em 2019 e Anne Lee Dozier comprou-a por lhe relembrar o país onde trabalhou com comunidades indígenas.

Jarra maia comprada por menos de cinco euros em loja de segunda mão devolvida ao México
Reprodução X @emoctezumab

O México recuperou uma jarra do período maia do país que tinha sido comprada por cinco euros por uma mulher norte-americana numa loja de artigos em segunda mão.

O objeto terá entre 1200 e 1800 anos, conta o The Guardian, e valeu a Anne Lee Dozier um agradecimento oficial da embaixada do México. Com um passado ligado ao trabalho com comunidades indígenas no México, Dozier comprou a jarra em 2019 precisamente porque a relembrava do país, mas não pensou que o objeto tivesse mais de 30 anos.

Essa perceção mudou quando visitou a Cidade do México, em janeiro: ao visitar o museu nacional de história e antropologia, deparou-se com outras jarras semelhantes e percebeu que, afinal, a que tinha em casa podia ser especial.

Comentou o assunto com um funcionário do museu, que a aconselhou a contactar a embaixada do país e a enviar fotografias às autoridades museológicas. Pouco depois de o ter feito, recebia a resposta por e-mail: "Parabéns - é real e gostaríamos de a ter de volta."

E foi o que aconteceu. Dozier entregou a jarra à embaixada do México em Washington DC e o objeto vai agora ser exposto no Museu Nacional de Antropologia e História do México.

"Uma valiosa testemunha da nossa história Maia regressa a casa... graças à generosidade de Anne Lee Dozier", escreveu o embaixador Esteban Moctezuma Barragán no X.