Ainda não tem a nossa APP? Pode fazer o download aqui.

Documentário sobre Celine Dion estreia esta semana

"I Am Celine Dion" chega à plataforma Prime Video a 25 de junho.

Documentário sobre Celine Dion estreia esta semana
Cortesia Prime Video

O documentário chama-se "I Am Celine Dion" e foca a vida e o legado artístico de Dion, mas também a batalha que a cantora tem travado nos últimos anos contra a Síndrome de Pessoa Rígida, uma doença neurológica rara que tem condicionado a vida e a carreira da artista canadiana de 56 anos. A estreia está marcada para o dia 25 de junho, na plataforma Prime Video, em mais de 240 países. 

O filme documental, realizado por  Irene Taylor, "leva os espectadores numa viagem através do passado e do presente de Celine, que revela a sua luta contra a Síndrome da Pessoa Rígida (SPR) e os esforços que tem feito para continuar a cantar para os seus amados e leais fãs. Desde descobrir o seu guarda-roupa de alta-costura e objetos pessoais durante a digressão ou até visitar o  estúdio de gravação, esta é uma carta de amor emotiva, enérgica e poética à música. 'I Am Celine Dion' capta mais de um ano de gravações, à medida que a lendária cantora navega no seu caminho para viver uma vida aberta e autêntica com a sua doença", conta o comunicado que chegou à redação.

 
"Estes últimos anos têm sido muito desafiantes, desde a altura em soube qual era a minha condição ao ter de aprender a viver com a doença, sem deixar que o problema de saúde me defina", disse a cantora canadiana em comunicado quando foi anunciado o documentário.

"Enquanto espero por poder voltar a atuar, percebo a falta que me faz, o quanto quero voltar a ver os meus fãs. Durante a minha ausência dos palcos, decidi documentar esta fase da minha vida, para também informar as pessoas sobre esta condição que ainda é pouco conhecida. Quero ajudar outras pessoas que tenham sido diagnosticadas com a mesma doença", lia-se na nota.

Desde que entrou no mundo musical, aos 13 anos de idade, Celine Dion vendeu mais de 250 milhões de discos ao longo de 40 anos de carreira. Depois de ganhar cinco Grammys, dois Óscares, o prémio Icon Award for Lifetime Achievement, dos Billboard Music Awards de 2016, e o reconhecimento nos World Music Awards de 2004, como a artista feminina mais vendida da história, a canadiana continua a bater recordes. 
Em 2021, Dion enfrentou a difícil decisão de cancelar a sua tão esperada residência em Las Vegas, nos Estados Unidos, devido a problemas de saúde. Em dezembro de 2022, revelou ao mundo que estava numa luta contínua contra a Síndrome da Pessoa Rígida, doença que acabou por levar ao cancelamento da "Courage World Tour". Em 2023, Dion voltou a mostrar o seu talento na comédia romântica "Love Again" e lançou cinco novas canções para acompanhar a banda sonora do filme.

A Síndrome de Pessoa Rígida (com impacto nos músculos) tem provocado recorrentes espasmos à artista canadiana, dificuldades na mobilidade e no uso das cordas vocais.