Ainda não tem a nossa APP? Pode fazer o download aqui.

Portugal perde com França nos penáltis e está fora do Euro2024

Portugal bate no poste e está fora do Euro2024.

Portugal perde com França nos penáltis e está fora do Euro2024
João Félix após remate ao posto no desempate por grandes penalidades nos quartos do Euro2024EPA

Portugal perdeu frente a França nos quartos de final e está fora do Euro2024. Após 120 minutos sem golos, o desempate chegou por grandes penalidades, com a seleção portuguesa a perder por 5-3. Os gauleses marcaram todos os penáltis e, do lado de Portugal, João Félix viu o seu remate ser travado pelo poste. 

França deu o pontapé de saída em Hamburgo. Portugal entrou bem no jogo, e aos 16 minutos um remate de Bruno Fernandes que bateu nas costa de um defesa francês deixou um primeiro aviso. Mas o primeiro lance de perigo chegou aos 20 minutos e pertenceu aos gauleses. Um remate potente de Theo Hernández, que atingiu os 127 km/h, a dar oportunidade a Diogo Costa de voltar a brilhar.

Sem tempo adicional, a primeira parte terminou com o marcador a zero e após o intervalo, os mesmos 22 jogadores regressaram a campo. Aos 55 minutos, após a cobrança de um canto, Bernardo SIlva cabeceia a bola que acaba por atingir MBappé no rosto. O jogador francês foi assistido dentro de campo e voltou ao jogo.

Aos 61 minutos Bruno Fernandes teve nos pés o golo, mas Maignan negou.

Dois minutos depois, numa jogada entre Vitinha e Leão, o do PSG teve oportunidade de fazer o primeiro, mas novamente, o número 16 francês a não dar hipótese.

Ainda o relógio não tinha chegado aos 68 e Kolo Muani rematou e um desvio de Rúben Dia deixou a bola a centímetros do poste da baliza de Diogo Costa. Logo de seguida, remate de Camavinga ao lado da baliza é novo susto para os apaixonados.

Aos 68 minutos, Didier Deschamps faz sair Griezmann para a entrada de Dembelé. França cresce no jogo e volta a criar oportunidades na grande área portuguesa. Aos 74 minutos, Martínes faz duas substituições, saem Bruno Fernandes e João Cancelo para a entrada de Francisco Conceição e Nélson Semedo.

Aos 79 minutos sai o primeiro amarelo do jogo mostrado por Michael Oliver a Palhinha. Aos 84, Saliba faz falta sobre Francisco Conceição e vê o segundo amarelo.

Aos 86 minutos, entra Marcus Thurman para a saída de Muani. Já nos descontos, na equipa de Portugal sai Palinha para a entrada de Rúben Neves.

Aos 90 +3 minutos, um remate de Mbappé direito às mãos de Diogo Costa marca o final do jogo.

Portugal e França, vão a prolongamento. Até ao momento, Portugal tem uma posse de bola de 63%.

O prolongamento começa com uma substituição na equipa gaulesa, sai Camavinga para a entrada de Youssouf Fofana. E aos 94 minutos, uma grande jogada de Francisco Conceição a servir Cristiano Ronaldo que no centro da área não consegue rematar à baliza.

 

Início da segunda parte do prolongamento traz novas mexidas em ambas as equipas. Na França sai Kylian Mbappé e entra Bradley Barcola. Na seleção portuguesa a saída de Rafael Leão para a entrada de João Félix.

Em jogo estava a passagem de Portugal às meias-finais do Euro2024. Oito anos depois do histórico golo de Éder, a equipa das quinas tinha de eliminar França para seguir em frente. Sem mexidas, os apaixonados de Martínez apresentam-se em campo com o mesmo onze com que ganharam à Turquia e à Eslovénia: Diogo Costa; João Cancelo, Pepe, Rúben Dias e Nuno Mendes; Palhinha e Vitinha; Bruno Fernandes, Bernardo Silva e Rafael Leão e Cristiano Ronaldo. Com o relógio a chegar aos 109, o famoso minuto Éder, mais uma jogada bem conseguida de Francisco "espalha-brasas" Conceição termina com um cruzamento para o cabeceamento de Félix a passar perto do poste da baliza francesa. 

Aos 119 minutos, Vitinha que fez sai para a entrada de Matheus Nunes. E um minutos depois, mais uma grande jogada de Nuno Mendes com Bernardo Silva que volta a ser travada por Maignan. Uma grande oportunidade que o pé direito de Nuno Mendes não conseguiu concretizar para Portugal mesmo antes do apito final.

Tudo para decidir nas grandes penalidades. Começou França, com Dembélé a fazer o primeiro. Ronaldo não perdeu a oportunidade e empatou para Portugal. França faz o segundo por Fofana e Bernardo Silva iguala. Kondé remata ao ângulo e bate Diogo Costa. Félix bate, mas a bola fica no poste. Barcola não perde a oportunidade e faz para a Espanha. Nuno Mendes, num remate perfeito de pé esquerdo, marca para Portugal. Último remate é de Theo Hernández que dá a vitória e carimba a passagem de França às meias-finais.

Antes do apito inicial ouviu-se a Portuguesa.

No banco de Portugal aguardavam José Sá, Rui Patrício, António Silva, Danilo, Dalot, Jota, Chico Conceição, Inácio, Gonçalo Ramos, Félix, João Neves, Matheus Nunes, Semedo, Pedro Neto e Rúben Neves.

Os gauleses entram em campo com o seguinte onze: Maignan, Koundé, Saliba, Upamecano, Theo Hernández, Tchouameni, Camavinga, Kanté, Griezmann, Mbappé e Kolo Muani.

Para arbitrar a partida foi nomeado o britânico Michael Oliver.

VEJA AQUI TUDO SOBRE O EURO2024