Ainda não tem a nossa APP? Pode fazer o download aqui.

A incrível coincidência que coloca Países Baixos na final

Desde 2004 que o país do árbitro da final da competição, é finalista na edição seguinte!

A incrível coincidência que coloca Países Baixos na final
EPA/ROBERT GHEMENT

Se a tradição deste século se mantiver, bem se pode dizer para os adeptos neerlandeses fazerem já a festa antecipada, no jogo desta quarta-feira.

É que desde a final de 2004, em Portugal, que o país do árbitro desse jogo... é finalista na edição seguinte!

Foi assim em 2004, quando a Grécia ganhou a Portugal, na Luz, por 1-0. O árbitro era o alemão Markus Merk... e a Alemanha foi finalista em 2008.

Nesse jogo, que consagrou Espanha como campeã, o juíz da partida foi o italiano Roberto Rossetti. Qual foi a final em 2012? Precisamente! Itália... com Espanha. E o árbitro desse jogo foi o português Pedro Proença!

Em 2016, conhecemos bem a história, com Portugal campeão frente a França, num jogo dirigido pelo inglês Marcus Clattenburg.

Escusado será lembrar que em 2020, Inglaterra foi à final, perdendo com Itália.

Quem foi o árbitro desse jogo? O neerlandês Bjorn Kuipers!

Para quem acredita em superstições, é esperar pelo jogo de Dortmund, esta quarta-feira!